Por que medir o pH da água da piscina é fundamental para o lazer e a saúde?

Com a chegada dos dias mais quentes do ano, quem pode desfrutar de uma piscina se sente privilegiado, além de ter um ambiente de lazer para receber os amigos e a família para dias memoráveis.

 

Mas o que pouca gente lembra é que para ter aquele dia super divertido, o dono da piscina limpou e manteve a piscina com condições de uso, ou contratou e investiu para que alguém cuidasse deste bem. É um trabalho muito minucioso, onde deve-se seguir muitos passos para que a limpeza seja eficiente.

 

Para garantir a diversão de todos, o controle do pH é um dos detalhes mais essenciais trabalhosos a ser feito na manutenção das piscinas, já que seu equilíbrio evita uma série de problemas na água e também nas instalações da piscina. Ao falar de pH, podemos ter a impressão de algo muito complicado, mas simplificando a história, O pH, ou o potencial hidrogeniônico de uma piscina, é a concentração de íons de hidrogênio presentes na água.

 

Para começar, é importante que possua um kit de testes de pH, que são muito simples de usar, basta seguir as instruções dos kits. Já para a correção do pH, é preciso a aplicação de alguma substância para que o nível ideal seja atingido. Por exemplo, caso o pH esteja alto, é necessário utilizar produtos como, Sulfato de alumínio, Ácido muriático e Bissulfato de sódio. Agora se ele estiver baixo, o ideal é utilizar um Bicarbonato de sódio, Cloro líquido ou granulado e Carbonato de sódio.

 

A saúde da sua piscina é muito importante para que possa aproveitar o máximo dela, sem deixar de zelar pela saúde da sua família. Também, através de um pH equilibrado, é possível melhorar a durabilidade da própria piscina e dos equipamentos.

Abrir conversa
Precisa de ajuda?