Piscina desbotada? Saiba como fazer a reforma das piscinas de fibra

Assim como os outros modelos de piscina, de tempos em tempos é necessária a reforma das piscinas de fibra. Se você adquiriu uma piscina deste modelo há muitos anos, com certeza já notou que a ação do tempo, os produtos químicos utilizados na limpeza e o sol causam o desbotamento da cor original da fibra. Com a tinta cada vez mais clara, somente a pintura da piscina será capaz de garantir a ela novamente aquele brilho e cor vibrante de uma piscina nova. Geralmente a cor original da piscina dura em torno de 8 anos, podendo chegar até a 10 dependendo da forma como você cuida da mesma, porém as pinturas resistem no máximo há 5 anos, se você tiver diversos cuidados.  Em ambos os casos, você deve consultar a empresa fornecedora da piscina ou tintura para saber quais produtos utilizar na higienização da mesma, para que a sua vida útil seja a maior possível, mas sempre fique atento e só utilize esponjas e escovas macias durante a limpeza, essas podem arranhar a superfície da piscina e facilitar o desbotamento.

Mas e as piscinas que já estão desbotadas? O que fazer? O primeiro passo, é claro, é esvaziar a piscina; com a piscina seca deve ser feito o lixamento de toda a superfície da mesma para eliminar todas as manchas, defeitos e vazamentos provocados pelo tempo; com a superfície bem lisa é indicado que se faça uma limpeza com água para identificar qualquer tipo de vazamento; após deve ser aplicada uma mão de primer acrílico e para finalizar finalmente a pintura com tinta PU náutica ou tinta epóxi própria para piscinas, fique atento a isso, a tinta comum não resistirá muito tempo aos produtos químicos. Lembrando que esta reforma é feita somente em casos de desbotamento, vazamentos grandes, bolhas e defeitos de fabricação exigem atenção maior e até a troca do casco da piscina.

Outro ponto que deve ser observado na reforma das piscinas de fibra é o dia que a mesma será feita, procure realizar a atividade em um dia mais seco e sem ventos fortes, visto que chuvas e ventos fortes podem atrapalhar a reforma e danificar ainda mais a piscina. Durante a obra, proteja as áreas da piscina que não vão ser pintadas, use jornais e fita crepe nas bordas e cantos da piscina, afinal você não quer que ao final da reforma apareçam novos problemas, não é mesmo?

Abrir conversa
Precisa de ajuda?